ACOMPANHE SEU PEDIDO
  • CPF
  • Número do pedido
  • BUSCAR PEDIDO
  • CPF ou pedido inválidos

Mais cabelos, menos angústia Follixin: a sua melhor escolha

 

Os ingredientes da fórmula avançada de Follixin atuam de dentro para fora, oferecendo os micronutrientes necessários para formação e sustentação de novos fios de cabelo.

  • 1Revitaliza folículos e raízes capilares [1]

    Have a “Good Hair Day" Huntington College of Health Sciences

  • 2Torna os fios fortes e saudáveis [2]

    COMMISSION REGULATION (EU) No 432/2012. Official Journal of the European Union. 2012

  • 3Não tem efeitos colaterais
  • 4Satisfação garantida
  • Resultados podem variar
    de pessoa para pessoa.

Garanta já o seu! Clique aqui

 
 
Caixa Follixin

A ciência por trás de Follixin

Follixin contém vitaminas do complexo B, como biotina e ácido pantotênico, vitaminas A e C e minerais essenciais como ferro, zinco, cálcio e magnésio na dose na ingestão diária recomendada para a saúde.
[3]
Análise de cabelo: uma revisão dos procedimentos para a determinação de elementos traço e aplicações. Química nova. Ano de publicação: 1999.

Queda de cabelo não tem milagre. Tem tratamento.

A queda de cabelos é um problema que atinge milhões de pessoas, principalmente homens.

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia indicam que a queda de cabelo está entre as 10 mais frequentes queixas nos consultórios dermatológicos em pacientes entre 15 e 39 anos.
[8]
Entendendo a alopecia androgenética. Surg. Cosmet. Dermatol. Ano de publicação: 2011.

A busca por medicamentos, suplementos e tratamentos é constante e a cada hora aparece uma nova solução “definitiva”, um milagre!
A verdade é que, quando o assunto é queda de cabelo, não existem milagres, nem cura. O que existe é cuidado e tratamento que pode reverter os sintomas – se seguido e mantido corretamente. Atualmente, dentre as diversas soluções existentes para tratar a calvície, a suplementação é uma alternativa confiável, eficaz e acessível, portanto uma das escolhas mais inteligentes de tratamento para o problema.
[3]
Análise de cabelo: uma revisão dos procedimentos para a determinação de elementos traço e aplicações. Química nova. Ano de publicação: 1999.
Resultados podem variar de pessoa para pessoa.

Faça seu pedido agora

 
Caixa Follixin

Resultados Garantidos: Cabelos reais

Já são anos produzindo Follixin, testando e aperfeiçoando a fórmula. Nesse tempo, recebemos muitas respostas positivas ao uso do produto. Separamos 3 depoimentos de pessoas que tiveram a vida mudada por Follixin. Acompanhe:

Faça como milhares de pessoas e mude de vida para melhor com Follixin

Efeitos de 2 a 4 meses

Notei a queda de cabelo quando vi muitos fios no travesseiro. Me desesperei e fui ao dermatologista. Tomo Follixin há dois meses e a diferença já é enorme. A queda praticamente parou. Me sinto aliviado."

M. M.

Efeitos de 2 a 4 meses

O Follixin foi perfeito para mim, que queria tratar a queda de cabelo no anonimato. Nada de implantes ou remédios com efeitos colaterais. Em 4 meses vi meus fios crescendo mais fortes e maiores."

R. B.

Efeitos de 6 a 9 meses

Quando vi que estava ficando calvo, tive problemas de autoestima e cheguei até a ficar deprimido. Follixin resolveu: meu cabelo parou de cair e já cresceu nas áreas mais críticas. Que alegria!"

P. S.

Não está acostumado a comprar pela internet?

Fique tranquilo, comprar Follixin é fácil e confiável:

  • Dados pessoais sigilosos e não compartilhados
  • Site 100% confiável e autenticado por empresas de segurança
  • Dados
    financeiros secretos
    e protegidos
  • Entrega garantida no prazo combinado e política de devolução
Dados pessoais sigilosos e não compartilhados
Site 100% confiável e autenticado por empresas de segurança
Dados financeiros
secretos e protegidos
Entrega garantida no prazo combinado e política de devolução

Fácil e confiável. Clique!

 

Perguntas Frequentes Tire as suas dúvidas

A escolha de um produto ou solução no combate à calvicie é, naturalmente, um processo repleto de dúvidas e inseguranças. Ao lado, você encontra as perguntas mais comuns e que ajudam você a tomar uma decisão mais confortável por Follixin.

Chega de dúvidas. Peça Follixin

 
O que é Follixin?

Follixin é um suplemento vitamínico e mineral, que auxilia no controle da queda causada pela deficiência de vitaminas e no crescimento de fios saudáveis.

Quais os efeitos de Follixin?

Follixin tem as vitaminas e minerais necessários para manter a saúde dos fios, e fortalecimento dos fios. Além de controlar a queda, estimula o crescimento de fios mais fortes, saudáveis e bonitos.

Os benefícios de Follixin são comprovados?

Sim. Dermatologistas e nutricionistas afirmam que as vitaminas do complexo B e a C, e minerais como Zinco - todos presentes na fórmula de Follixin - favorecem a saúde dos cabelos. São fundamentais para evitar fios fracos, que caem com facilidade.

Existem efeitos colaterais ao uso de Follixin?

Não existe nenhum efeito colateral com o consumo do produto, e qualquer pessoa pode tomar e aproveitar seus benefícios. Entretanto, gestantes, nutrizes e crianças de até 3 (três) anos, somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionista ou médico. Este produto NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Quanto tempo depois de começar a tomar Follixin eu terei os primeiros resultados?

Follixin atua gradativamente e, por isso, os resultados melhoram com seu uso contínuo. Em alguns casos, os primeiros resultados aparecem logo no primeiro mês. No entanto, os benefícios mais visíveis surgem em um tempo médio de 6 meses de uso.

Preciso fazer alguma restrição alimentar ou de atividades enquanto usar Follixin?

Não é preciso mudar nada em seus hábitos, você pode continuar fazendo e comendo tudo normalmente. Mas manter uma alimentação balanceada pode ajudar a atingir melhores resultados.

Follixin é uma cura permanente para a queda de cabelo ou o problema volta após a interrupção do uso?

Follixin é uma suplementação de vitaminas e minerais essenciais para a manutenção dos cabelos e, por isso, deve ser usado continuamente. Alimentação desequilibrada, produtos capilares, luz solar, suor, sujeira, chapéus, esforço físico e estresse, entre outros elementos, podem prejudicar seu cabelo e fazê-lo voltar a cair. Por isso, recomendamos o uso continuado de Follixin, mesmo após atingir os resultados desejados.

Quantas cápsulas posso tomar por dia?

A recomendação é de 2 cápsulas por dia. Em alguns casos, para resultados mais expressivos e acelerados, uma dose maior pode ser indicada. Converse com seu dermatologista, endocrinologista, nutricionista ou ortomolecular sobre o aumento da dosagem. Cada caixa contém 60 cápsulas.

Como funciona a garantia de 100% de satisfação?

Garantimos: se após o uso do produto por no mínimo 3 meses, de acordo com as instruções da embalagem, você não estiver satisfeito com os resultados do produto, devolvemos 100% do seu dinheiro, sem burocracia. Para mais detalhes, veja nossos Termos e Condições.

Follixin: testado e aprovado em mais de 20 países no mundo!

Como você sabe, os consumidores europeus são muito exigentes.

Follixin é um grande sucesso na Europa: atestado por milhares de clientes em mais de 20 países, com diferentes tipos de alimentação, biótipos e estilos de vida.

Você pode consumir Follixin com a tranquilidade e a segurança de que tem em mãos um produto com resultados comprovados: Follixin é produzido de acordo com os mais rígidos padrões de qualidade europeus e tem a aprovação dos consumidores mais exigentes e bem informados do mundo.

Follixin funciona para homens no mundo todo. Se funciona para eles, funciona para você.

Peça já Follixin e comece agora sua nova vida

Biotina: contribui para a manutenção de cabelos saudáveis
Zinco: favorece o crescimento e fortalecimento
Colina e Inositol: participam da estrutura celular
Vitamina A: auxilia na manutenção da pele e cabelos saudáveis
Sem efeitos colaterais e contraindicações
Descontos em tratamentos mais longos
  • Biotina: contribui para a manutenção de cabelos saudáveis
  • Zinco: favorece o crescimento e fortalecimento
  • Colina e Inositol: participam da estrutura celular
  • Vitamina A: auxilia na manutenção da pele e cabelos saudáveis
  • Sem efeitos colaterais e contraindicações
  • Descontos em tratamentos mais longos
Caixa Follixin
ATÉ 43% OFF

PREENCHA PARA GARANTIR SEU
DESCONTO

  • Nome
  • Sobrenome
  • Email
  • Telefone com DDD

1. GENE, B. Have a “Good Hair Day", Literature Education Series On Dietary Supplements. Huntington College of Health Sciences, p. 1-4.

http://www.hchs.edu/literature/Hair.pdf

2. COMMISSION REGULATION (EU) No 432/2012
Official Journal of the European Union. 2012

http://eur-lex.europa.eu/LexUriServ/LexUriServ.do?uri=OJ:L:2012:136:0001:0040:en:PDF

3. POZEBON, D.; DRESSLER, V. L.; CURTIUS, A. J. Análise de cabelo: uma revisão dos procedimentos para a determinação de elementos traço e aplicações. Química Nova, São Paulo, v.22, n. 6, p. 838-846, Fev. 1999.

http://www.scielo.br/pdf/qn/v22n6/2588.pdf

4. Itália. European Food Safety Authority (EFSA). Scientific Opinion on the substantiation of health claims related to zinc and maintenance of normal skin (ID 293), DNA synthesis and cell division (ID 293), contribution to normal protein synthesis (ID 293, 4293), maintenance of normal serum testosterone concentrations (ID 301), “normal growth” (ID 303), reduction of tiredness and fatigue (ID 304), contribution to normal carbohydrate metabolism (ID 382), maintenance of normal hair (ID 412), maintenance of normal nails (ID 412) and contribution to normal macronutrient metabolism (ID 2890) pursuant to Article 13(1) of Regulation (EC) No 1924/2006. 8 (10):1819. Parma: EFSA Journal, 2010. 25 p.

5. GLYNIS, A. Double-blind, Placebo-controlled Study Evaluating the Efficacy of an Oral Supplement in Women with Self-perceived Thinning Hair. J. Clin. Aesthet. Dermatol., v. 5, n. 11, p. 28-34, Nov. 2012.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3509882/

6. RAIPUT, R. J. Controversy: Is There a Role for Adjuvants in the Management of Male Pattern Hair Loss? J. Cutan. Aesthet. Surg., v. 3, n. 2, p. 82-86, Mai./Ago. 2010.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2956962/

7. NOGUEIRA, S. P. Dermatose responsiva à biotina em cão. Cienc. Rural, Santa Maria, v. 40, n. 3, p. 682-685, Mar. 2010.

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000300032

8. MULINARI-BRENNER, F.; SEIDEL, G.; HEPP, T. Entendendo a alopecia androgenética. Surg. Cosmet. Dermatol., v. 3, n. 4, p. 329-337, Nov. 2011.

http://www.surgicalcosmetic.org.br/detalhe-artigo/160/Entendendo-a-alopecia-androgenetica

9. SANTOS, C.; FONSECA, J. Zinco: fisiopatologia, clínica e nutrição. Associação Portuguesa de nutrição entérica e parentérica, v. 6, n. 1, p. 2-9, Jul. 2012.

http://revista.apnep.pt/images/Revistas/Julho_2012/pdf_artigos/Artigos/1_zinco.pdf

10. MAFRA, D.; COZZOLINO, S. M. F. Importância do zinco na nutrição humana. Rev. Nutr., Campinas, v. 17, n. 1, p. 79-87, Jan./Mar. 2004

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732004000100009

11. Ministério da Saúde. Relatório de recomendação da comissão nacional de incorporação de tecnologia no SUS – CONITEC. Biotina para o tratamento da deficiência de biotinidase. Secretaria de ciência, tecnologia e insumos estratégicos. Out. 2012.

http://conitec.gov.br/images/Incorporados/Biotina-final.pdf

12. PHILIPPI, S.T. Pirâmide dos alimentos: fundamentos básicos da nutrição, Barueri, SP: Manole, 2008.

13. POMPEU, M. A. et al. Suplementação de colina em dietas para frangos de corte machos na fase inicial de criação. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., Belo Horizonte, v. 63, n. 6, p. 1446-1452, Dez. 2011.

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-09352011000600023&script=sci_arttext

14. IGLESIAS, H. C. E.; BOTTURA, R.; NAVES, M. M. V. Fatores nutricionais relacionados à enxaqueca. Com. Ciências Saúde., v. 20, n. 3, p. 229-240, Mai. 2010.

http://www.escs.edu.br/pesquisa/revista/2009Vol20_3art04fatores.pdf

15. GOMES, M. M.; SAUNDERS, C.; ACCIOLY, E. Papel da vitamina A na prevenção do estresse oxidativo em recém-nascidos. Rev. Bras. Saude Mater. infant., Recife, v. 5, n. 3, p. 275-282, Jul./Set. 2005.

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1519-38292005000300003&script=sci_arttext

16. RONCADA, M. J. Hipovitaminose "A". Níveis séricos de vitamina "A" e caroteno em populações litorâneas do Estado de São Paulo, Brasil. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 3-18, Mar. 1972.

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89101972000100002&script=sci_arttext

17. ALMEIDA, E. R. de et al. Avaliação participativa do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A em um município da Região Nordeste do Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 26, n. 5, p. 949-960, Mai. 2010.

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2010000500017

18. NETTO, M. P.; PRIORE, S. E.; FRANCESCHINI. Interação entre vitamina A e ferro em diferentes grupos populacionais. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant., Recife, v, 7, n. 1, p. 15-22, Jan./Mar. 2007.

http://www.scielo.br/pdf/rbsmi/v7n1/a02v7n1

19. ANICETO, Clezio; CANAES, Larissa de Souza; FATIBELLO-FILHO, Orlando and CAVALHEIRO, Carla C. S.. Determinação espectrofotométrica de vitamina B2 (riboflavina) em formulações farmacêuticas empregando sistema de análises por injeção em fluxo. Quím. Nova [online]. 2000, vol.23, n.5 [cited 2015-12-10], pp. 637-640 .

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-40422000000500013&script=sci_arttext

Resultados podem variar de pessoa para pessoa.